\\ INFORMAÇÃO \ notícias

Sinpro reitera posição sobre volta às aulas presenciais

Publicada em 27/11/2020.

O Sinpro Noroeste vem a público reiterar seu posicionamento sobre o retorno das aulas presenciais, possibilidade aberta com decreto emitido pelo governo do RS nesta quarta-feira (25), e cujo teor já é de amplo conhecimento. Com avanço no número de óbitos pela Covid-19 e uma curva de contágio nunca antes vista – o que redunda em elevado número de novos casos -, o Sinpro entende que este não é o momento adequado para retornarmos às instituições de ensino. A volta às atividades presenciais coloca em risco a saúde de alunos, professores, professoras e funcionários.

No entanto, é preciso frisar que sindicato é uma entidade representativa, portanto não tem autoridade para legislar sobre a flexibilização das medidas de distanciamento controlado, nem versar sobre regramentos para o funcionamento das escolas, algo que cabe aos poderes públicos constituídos tão somente. Além disso, a responsabilidade sobre o retorno ou não das aulas presenciais é dos gestores das instituições de ensino.

O Sinpro reconhece e compreende a angústia de professores e professoras, pais, alunos e sociedade em geral pela retomada das aulas, principalmente na educação infantil. No entanto, reiteramos nossa opção por defender ao máximo cuidado da vida, o que implica, neste momento com dados epidemiológicos alarmantes, em manter o distanciamento social e as atividades educacionais na forma online, evitando a possibilidade de infecção pelo Coronavírus.