\\ INFORMAÇÃO \ notícias

Sinpro e Unijuí fecham acordo para Plano de Demissão Voluntária

Publicada em 05/10/2018.

O Sinpro-Noroeste realizou, nesta quinta-feira, 4, a reunião final que selou o acordo para a instituição do Plano de Demissão Voluntária (PDV) proposto pela Unijuí. O encontro também teve a participação de integrantes do Sinpro/RS, que representa os professores de outros campi da universidade.

Na ocasião, foram apresentadas as alterações sugeridas em assembleia para inclusão no texto da proposta que institui o PDV. As alterações foram aceitas pela reitoria, que agora vai encaminhar a documentação ao Ministério do Trabalho para formalizar os termos do Plano de Demissão Voluntária da Unijuí.

Propostas solicitadas foram aceitas

A primeira sugestão anexada ao PDV por proposição dos professores é a inclusão de uma cláusula que garanta ao professor que tenha seu pedido de demissão negado, o direito de fazer um recurso à universidade buscando saber das justificativas da negativa, para analisar se tais razões são plausíveis diante do acordo proposto.

A segunda solicitação feita na assembleia se refere aos professores que forem inclusos no PDV, e que possuem recursos depositados no contrato de mútuo da Fidene/Unijuí. A proposição é de incluir uma cláusula no acordo, a fim de garantir que a remuneração dos valores seja feita nos percentuais normais do contrato de mútuo.

E o terceiro item se refere ao pagamento das verbas rescisórias. Os professores propuseram a inclusão de uma cláusula determinando que, caso os valores do parcelamento não sejam pagos nas datas estipuladas, por falta de liquidez da universidade ou qualquer outro motivo, a Unijuí fica sujeita a quitar o contrato integralmente, com as verbas acrescidas de uma multa a ser estipulada.

Também será incluso no texto que, a partir do pedido de demissão, ficará expresso na adesão do professor os termos de quitação de seu contrato de trabalho.